Processo de Abate de Viatura Etapas

Processo de Abate de Viatura

O conjunto de operações realizadas no centro de abate para garantir o correto tratamento e valorização das VFV é dividido em duas etapas: descontaminação e desmantelamento.
 
A etapa de descontaminação é das mais importantes já que é através dela que são removidos os fluidos e componentes perigosos do VFV, transformando-os em resíduos não perigosos. Este processo compreende a extração dos óleos e líquidos perigosos dos veículos:
 
- Remoção das baterias, dos filtros de óleo e dos depósitos de gás de petróleo liquefeito (GPL);
- Neutralização dos componentes pirotécnicos (airbags e pré-tensores dos cintos de segurança);
- Remoção dos fluidos: combustível (gasóleo, gasolina); óleo lubrificante (do motor e da caixa de velocidades); óleo dos sistemas hidráulicos; líquido de arrefecimento; fluido dos travões; fluido do sistema de ar condicionado;
- Remoção, tanto quanto possível, dos componentes identificados como contendo mercúrio;
- Remoção dos componentes e materiais rotulados ou de outro modo identificados nos termos do Anexo I do Decreto-Lei n.º 196/2003.
 
O processo termina com o desmantelamento das peças do carro para reutilização e reciclagem e a compactação e armazenamento dos excedentes para a indústria da reciclagem.

Nesta fase é efetuada a:
- Remoção de catalisadores;
- Remoção de pneus;
- Remoção de vidros;
- Remoção dos grandes componentes de plástico, a menos que seja garantida a sua triagem após a fragmentação;
- Remoção de componentes suscetíveis de reutilização como peças em segunda mão, quando técnica e economicamente viável.